Carregando, aguarde...

Metra
(11) 4390 3800
atendimento@metra.com.br
  • Notícia
  • >
  • China já tem mais de 170 mil ônibus elétricos
China já tem mais de 170 mil ônibus elétricos
6 de fevereiro de 2017

China já tem mais de 170 mil ônibus elétricos

A China tem hoje a maior frota de ônibus elétricos do mundo, com 173 mil unidades em circulação (balanço fechado até dezembro de 2015). A meta do governo é chegar a 200 mil em 2020.

A informação está no Global EV Outlook 2016, o mais recente relatório da Agência Internacional de Energia (IEV) sobre o mercado mundial de veículos elétricos.

O país asiático é também, e por larga margem, o líder mundial do mercado de motocicletas e ciclomotores elétricos, com uma frota estimada (as estatísticas são imprecisas) em 200 milhões de unidades.

Esses números gigantescos explicam-se pelos rígidos esforços das autoridades chinesas de tentar controlar a poluição atmosférica nos centros urbanos.

Essa política resultou no banimento sumário de motocicletas convencionais na maioria das grandes cidades e no estímulo a veículos elétricos.



Invenções

A China testa inúmeras alternativas aos veículos movidos a combustível fóssil para melhorar seu transporte coletivo.

Um dos inventos mais curiosos é o TEB (Transit Elevated Bus), um veículo elétrico de 4,7 m de altura e até 60 m de comprimento, com um vão central de 2,2 m.

Este vão permite que o veículo transite sobre trilhos nas avenidas e passe por cima dos carros nos congestionamentos.

O TEB é movido a baterias e painéis solares. Começou a circular em caráter experimental na cidade de Qinhuangdao, em agosto de 2016.

Numa configuração de quatro vagões, pode transportar até 1.200 passageiros.

Segundo o relatório da IEA, 2015 é também o ano em que a China posicionou-se como o mercado mais dinâmico do veículo elétrico em todo o mundo, superando os Estados Unidos.

Juntos, esses dois países respondem por mais da metade do mercado mundial, com uma participação de 700 mil unidades para um estoque total de 1 milhão 260 mil VEs.

E embora a frota dos EUA ainda seja superior à da China (404 mil VEs, contra 312 mil), o país asiático superou seu rival em vendas de carros elétricos em 2015 (207 mil novos registros, contra 114 mil).

A IEA é um organismo vinculado à Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), que reúne hoje 34 dos países mais industrializados do planeta e alguns emergentes.

Comente!